Bloguinho Infantil

Neste bloguinho vamos contar histórias, contos e escrever poesias.
E você também pode participar com textos, desenhos e versinhos.

Tem jogos, diversões, receitinhas fáceis e muito mais!


Clique na Alice com sua gatinha Dinah

Contato do Bloguinho

Calendário


Reloginho

Depende de você!

Mundo do Sítio do Pica-pau Amarelo

Mundo do Sítio do Pica-pau Amarelo
Mundo do Sítio do Pica-pau Amarelo (clique na Emília)

O Bloguinho nasceu em 9 de setembro de 2010

O Bloguinho nasceu em 9 de Setembro de 2010

Número de visitas que já recebeu:

contador de visitas
Pessoas online

Borboletas

Gatinho brincalhão

Curta Livro com Pezinhos no Facebook
Informe-se através do e-mail:livrocompezinhos@yahoo.com.br

quinta-feira, 22 de março de 2012

Dia Mundial da Água

Declaração Universal dos Direitos da Água


Art. 1º - A água faz parte do patrimônio do planeta.Cada continente, cada povo, cada nação, cada região, cada cidade, cada cidadão é plenamente responsável aos olhos de todos.


Art. 2º - A água é a seiva do nosso planeta.Ela é a condição essencial de vida de todo ser vegetal, animal ou humano. Sem ela não poderíamos conceber como são a atmosfera, o clima, a vegetação, a cultura ou a agricultura. O direito à água é um dos direitos fundamentais do ser humano: o direito à vida, tal qual é estipulado do Art. 3 º da Declaração dos Direitos do Homem.


Art. 3º - Os recursos naturais de transformação da água em água potável são lentos, frágeis e muito limitados. Assim sendo, a água deve ser manipulada com racionalidade, precaução e parcimônia.


Art. 4º - O equilíbrio e o futuro do nosso planeta dependem da preservação da água e de seus ciclos. Estes devem permanecer intactos e funcionando normalmente para garantir a continuidade da vida sobre a Terra. Este equilíbrio depende, em particular, da preservação dos mares e oceanos, por onde os ciclos começam.


Art. 5º - A água não é somente uma herança dos nossos predecessores; ela é, sobretudo, um empréstimo aos nossos sucessores. Sua proteção constitui uma necessidade vital, assim como uma obrigação moral do homem para com as gerações presentes e futuras.




Art. 6º - A água não é uma doação gratuita da natureza; ela tem um valor econômico: precisa-se saber que ela é, algumas vezes, rara e dispendiosa e que pode muito bem escassear em qualquer região do mundo.


Art. 7º - A água não deve ser desperdiçada, nem poluída, nem envenenada. De maneira geral, sua utilização deve ser feita com consciência e discernimento para que não se chegue a uma situação de esgotamento ou de deterioração da qualidade das reservas atualmente disponíveis.


Art. 8º - A utilização da água implica no respeito à lei. Sua proteção constitui uma obrigação jurídica para todo homem ou grupo social que a utiliza. Esta questão não deve ser ignorada nem pelo homem nem pelo Estado.


Art. 9º - A gestão da água impõe um equilíbrio entre os imperativos de sua proteção e as necessidades de ordem econômica, sanitária e social.




Visite o site Rios do Brasil:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Leve o Bloguinho para o seu site!

Marcadores

Administradoras do Bloguinho

Carmen Maria da Silva Fernandes Pilotto
Ivana Maria França de Negri



Minha lista de blogs e links legais

Brinque com o Totó

Alimente os peixinhos

Clique nos peixinhos

Alimente as Tartaruguinhas

Alimente o sapinho

Brinque com os pinguins

Hamster


Clique e estoure!

Migui adotado pela Mariana

Dê banho no Cascão

Espinho - cuide bem desse bichinho

Brinque com o cãozinho Bob

Esta é a Florzinha - Come cenouras e pula

Brinque com a gatinha Lolita

Amigo não se compra! Adote!