Bloguinho Infantil

Neste bloguinho vamos contar histórias, contos e escrever poesias.
E você também pode participar com textos, desenhos e versinhos.

Tem jogos, diversões, receitinhas fáceis e muito mais!


Clique na Alice com sua gatinha Dinah

Contato do Bloguinho

Calendário


Reloginho

Depende de você!

Mundo do Sítio do Pica-pau Amarelo

Mundo do Sítio do Pica-pau Amarelo
Mundo do Sítio do Pica-pau Amarelo (clique na Emília)

O Bloguinho nasceu em 9 de setembro de 2010

O Bloguinho nasceu em 9 de Setembro de 2010

Número de visitas que já recebeu:

contador de visitas
Pessoas online

Borboletas

Gatinho brincalhão

Curta Livro com Pezinhos no Facebook
Informe-se através do e-mail:livrocompezinhos@yahoo.com.br

quinta-feira, 18 de fevereiro de 2021

Poesias infantis

 


FALCÃO

    Matheus Gustavo Ribeiro Domingues – 11 anos

 

Meu cachorro Falcão

Se você fizer carinho

Ele pula de montão

Corre atrás das vacas

Mas não perde o pic não.

Falcão, Falcão

Amo você de montão!

 


A MINHA PORTA

     Beatriz Victoria Ferreira Yanaze

 

Eu sou feita de ferro

Ferro, morto

Mas por mim

Só passa quem me agrada.

Eu abro devagarinho

Pra passar o garotinho

Eu abro rapidamente

Para passar o tenente

Eu abro com todo cuidado

Para passar o pobre coitado!

quarta-feira, 3 de fevereiro de 2021

CHUVA

 

A chuva

       João Pedro da Silva Aquino Santos -10 anos

 

Cai do céu a chuva

Na forma de pingos

Grosso e finos

Molha a terra toda

Cheiro de vida

Leva a tristeza

Só fica alegria!

 

Chuva de Domingo

   Maísa Alcantara da Silva – 11 anos

 

Hoje é domingo

A chuva cai lá fora

Que pena!

Não podemos jogar bola!

 

Cai de mansinho

Cai de fininho

Que dia bom

Para tirar um soninho!

 Cai de dia ,

Cai de noite

Para encher rios

E molhar flores.

segunda-feira, 23 de novembro de 2020

Quantos dias faltam para o Natal


Vejam que legal esta sugestão de Juliana Rossini
Um Papai Noel que pode ser pintado pelas crianças, e a cada dia, uma bolota de algodão é colada no dia correspondente.
No dia de Natal, o Papai Noel estará barbudo e pode ter um lugar de destaque na casa

 

sexta-feira, 20 de novembro de 2020

Princesa Aqualtune - Poesias dos alunos da professora Sonia Amaral

 

Textos sobre a princesa  Aqualtune  quando trabalhamos poemas da cultura africana.

Atividades sobre a Cultura Negra


 


Princesa Aqualtune

         João Pedro da Silva Aquino dos Santos – 10 anos

 

Princesa guerreira

Um dos maiores símbolos

De resistência e luta

Pela liberdade negra.

Mãe de um dos maiores líderes

Avó do talvez maior líder

Da luta contra a escravidão

Zumbi dos Palmares!

 

A Princesa Aqualtune

      Guilherme Rodrigues Andriotta -10 anos

 

Princesa guerreira

Que lutou pelo seu povo

Se fosse preciso

Faria tudo de novo!

Conseguiu fugir

No Reino dos Palmares chegou

Juntou-se aos seus

E os liderou!

 

Princesa

     Matheus  Gustavo Ribeiro Domingues –11 anos

 

Aqualtune

Foi a filha do Congo

Sua riqueza

É a terra!

Foi presa e mandada

Para o Recife no Brasil!

Ela sofreu e desapareceu.

 


A Princesa Aqualtune

          Maísa Alcantara da Silva- 11 anos

 

Aqualtune era africana

Uma princesa importante

Era muito guerreira

Que se protegia a todo instante.

 

Filha do rei Congo

Gamba Zumba era seu filho

Muito guerreiro

E também muito querido

Ela foi especial

Para os quilombos do  Brasil

Faleceu numa armação

De partir o coração!

 


A princesa Aqualtune

         Francisco Eduardo Mendes de Lima Alves – 10 anos

 

Aqualtune é aprisionada

Como escrava é vendida

Num tumbeiro maltratada

Consegue sair com vida

Com sua ideia sempre acesa

Para a luta continuar.

Aqualtune uma fortaleza

Mulher boa de trabalhar.

Canções natalinas

sexta-feira, 16 de outubro de 2020

A MÁGICA ESTÁ NOS DETALHES!

 



Madalena Tricanico, bisavó da Valentina

 

            Valentina é uma pequena grande menina de apenas três anos de idade. E ganhou de aniversario uma fantasia, por isso, foi com sua mãe à uma tradicional loja de fantasias de sua cidade, onde sua bisavó comprava vários artigos de bijuterias e aviamento cujo proprietários são seus amigos de longa data.  Acompanharam o crescimento das netas e ajudaram nas escolhas de fantasias desde odaliscas até caipira.

            Agora é a vez da bisneta e das fantasias de Princesas. São tantas as princesas que impossível para a bisa saber, de pronto, qual é a do gelo, a do coelho, a que entra pelo espelho e por aí vai...

            Chegando à loja, Valentina reconheceu a roupa da Princesa Sofia e ficou encantada! A vendera foi logo explicando os detalhes da fantasia, e ela muito esperta, percebeu que faltava o principal, e perguntou:

            - Cadê o colar talismã?

            A vendedora imediatamente providenciou um competente e valioso talismã pra completar a fantasia.

            Melhor foi quando Valentina chegou em sua casa...

            - Mamãe! Mamãe! Meu talismã não está funcionando. Vamos voltar lá na loja. Ele precisa muito funcionar...

            - Valentina, vamos ver como você quer que o talismã funcione. Explica para a mamãe, o que você pediu para ele fazer?

            Valentina se posicionou na frente do espelho e com todo seu charme, passou as mãos no cabelo, um gesto só seu, e tentou entrar “espelho a dentro”. Tentou uma vez, duas...na terceira investida sua mãe a segurou e falou com todo carinho.

            - Filha! O talismã é novo e não está acostumado ainda com você. Precisa ter um pouco de paciência com ele e explicar bem devagarinho o que você quer fazer para ele ver se é possível ou se precisa de mais alguma coisa para realizar.

            Valentina e mamãe ficaram em silêncio e foram se ocupar de outras coisas como o banho e o jantar, como costume até na hora de dormir.

            - Agora já está na hora de dormir.  Melhor guardar os brinquedos, vamos ler uma história bem bonita.

            Valentina disfarçou, saiu de fininho, foi para seu quarto e voltou toda iluminada de suas fantasias.

            - Mamãe! Mamãe! Meu talismã já está funcionando!

            - Verdade filha! O que aconteceu?

            - Ele falou comigo! Eu escutei direitinho!

            - O que foi que ele falou Valentina. O que você ouviu?

            - Que eu posso brincar mais duas horas antes de ir para a cama. Ouvi direitinho.   Ele funcionou!!!  

domingo, 4 de outubro de 2020

Ao meu Santinho de Assis




Ivana Maria França de Negri

Vós que fostes exemplo de humildade, andastes em andrajos e pés descalços no chão.
Vós que amastes a natureza e chamastes os astros do céu de irmão Sol e irmã Lua.
Vós que conversastes com os passarinhos e amansastes as feras da floresta apenas com vosso olhar pacífico e amoroso.
Vós que fostes poeta, pacifista, ecologista e protetor dos animais.
Vós que consolastes os sofredores, estendestes a mão aos pobres e curastes os doentes.
Vós que tivestes uma fé inabalável em Deus e jamais duvidastes da Justiça Divina.
Vós que passastes dias inteiros em arrebatamento, orando e meditando em silêncio contemplativo.
Vós que cantastes hinos em louvor ao Criador de todas as coisas com a alma sintonizada em etéreas dimensões.
Vós que abandonastes o conforto e as riquezas mundanas para viver recluso numa capelinha na montanha, escutai esta minha prece.
Peço neste dia, que derrameis vossa bênção e protegei todas as criaturas que não sabem falar, mas sentem dor, fome, sede, tristeza, como nós humanos, mas são tratadas com desdém.
Consolai as criaturas aladas presas em minúsculas gaiolas, pois nunca poderão adejar asas e voar felizes no azul do céu.
Amparai os que puxam carroças e têm o dorso coberto de escaras pelo açoite constante.
Livrai os bois de rodeio e os sangrados nas touradas desse sofrimento sem finalidade alguma que os humanos chamam de diversão.
Volvei vosso olhar de bondade às pobres cobaias de laboratório que têm seus corpos retalhados em vida, sentindo dores terríveis para servir à ciência.
Derramai também um bálsamo curativo que abrande a dor das feridas dos que são abatidos em caçadas, dos que são utilizados sem piedade em rituais religiosos, e dos que têm seu corpo descarnado para que suas vísceras sirvam de alimento ao homem.
Protegei os animais de circo, presos em jaulas pequenas e sempre à mercê de crueldade dos seres humanos.
Soprai nos corações pétreos dos homens, um pouco que seja da vossa infinita bondade a fim de que a misericórdia e a compaixão neles faça morada. Amém.

Leve o Bloguinho para o seu site!

Marcadores

Administradoras do Bloguinho

Carmen Maria da Silva Fernandes Pilotto
Ivana Maria França de Negri



Minha lista de blogs e links legais

Arquivo do blog

Brinque com o Totó

Alimente os peixinhos

Clique nos peixinhos

Alimente as Tartaruguinhas

Alimente o sapinho

Brinque com os pinguins

Hamster


Clique e estoure!

Migui adotado pela Mariana

Dê banho no Cascão

Espinho - cuide bem desse bichinho

Brinque com o cãozinho Bob

Esta é a Florzinha - Come cenouras e pula

Brinque com a gatinha Lolita

Amigo não se compra! Adote!